O traficante Ledimar Antônio Ferreira da Motta, de 29 anos, foi preso ontem à noite, em Marília, no interior paulista. Considerado um dos principais líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) no Estado de São Paulo, ele recebeu voz de prisão em sua casa, na Favela do Argolo Ferrão, quando preparava droga para comercialização.

Havia 1,3 quilo de cocaína pura na residência.

Motta, que é servente de pedreiro, foi preso pela Polícia Militar após denúncia anônima. O traficante foi levado para a Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) e, em seguida, transferido para a Cadeia Pública de Garça (SP), onde aguardará julgamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.