Polícia prende suspeito de ser o maior adulterador de veículos de Minas Gerais

MINAS GERAIS - Policiais da Delegacia Especializada em Investigação de Furtos e Roubos de Veículos Automotores prenderam um mecânico de 42 anos, suspeito de adulterar a marca e a identificação de veículos em Minas Gerais. Ele foi considerado pela polícia o melhor falsificador de chassis do Estado.

Redação |

Segundo a Polícia Civil, o suspeito foi apelidado de "cirurgião" em razão do conhecimento técnico em mecânica e lanternagem. Ele transplantava para veículos roubados os chassis de veículos envolvidos em acidentes de trânsito. Em seguida, colocava o veículo em seu nome ou no nome de um "laranja" e os revendia por meio de anúncios em jornais ou em feiras de automóveis. 

Conforme a polícia, os veículos possuíam manual e chave reserva o que acabava com qualquer suspeita por parte dos clientes.

A polícia afirmou que o suspeito era investigado há seis meses e, com ele, foram apreendidos 16 veículos com a numeração de chassis transplantada, diversas chaves, ferramentas, tintas e pinos que seriam utilizados na remarcação.

O mecânico pode ser condenado a pena de três a seis anos, além do pagamento de multa.

Leia mais sobre: adulteração de carros

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG