A polícia prendeu nesta quinta-feira um suspeito de ser o maníaco que matou e estuprou pelo menos três mulheres no bairro Industrial, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Com o homem foram encontrados celulares de duas das vítimas. Material genético do suspeito foi recolhido para análise do DNA. Até o início desta noite, ele ainda estava sendo submetido a interrogatório policial.

Os crimes foram cometidos em diferentes meses de 2009. As investigações mostraram semelhanças em todos os casos, como o fato de o único objeto roubado ter sido o celular da vítima. As três mulheres possuíam o mesmo tipo físico: morenas e magras.

No fim do ano, os resultados dos exames realizados com esperma encontrado nas vítimas mostraram que as três mulheres haviam sido atacadas pelo mesmo homem. A polícia suspeita que o maníaco possa ser o autor de pelo menos dois outros crimes.

A polícia vinha mantendo as investigações sob sigilo. Mas desde que as informações vazaram para a imprensa, no início do mês, parentes das vítimas passaram a pressionar por uma solução para o caso.

A Assembleia Legislativa do Estado realizou, nesta terça-feira, uma audiência pública em que delegados e investigadores envolvidos na apuração tiveram de prestar esclarecimentos.

Leia mais sobre: maníaco

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.