Polícia prende suspeito de integrar milícia no Rio

O miliciano Ubiraci Araújo da Fonseca, o Bira, de 29 anos, foi preso no bairro de Morro Agudo por policiais do 56º Distrito Policial (DP), de Comendador Soares, no Rio de Janeiro. O suspeito, segundo a polícia, estava desarmado e não reagiu à prisão.

Agência Estado |

Contra ele havia um mandado de prisão preventiva por homicídio e formação de quadrilha, expedido pela 2ª Vara Criminal de Nova Iguaçu.

Remanescente da quadrilha de milicianos que atuava na Baixada Fluminense, denominada "Bonde do Jura", Bira assumiu a chefia dos milicianos após a prisão do sargento Jura, no dia 27 de agosto, durante a operação "Descarrilamento", desencadeada por policiais da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (DRACO/IE).

Durante a ação foram cumpridos 13 mandados de prisão e 16 mandados de busca e apreensão. Segundo o delegado Marcos Santana, titular da 56ª DP, Bira foi o único miliciano que conseguiu fugir ao cerco dos policiais que participavam da operação, os quais foram recebidos a tiros quando cercaram sua residência, no bairro da Cacuia, em Nova Iguaçu, ocasião em que Bira escapou pelos fundos da casa.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG