Polícia prende outro suspeito de matar estagiária no Rio de Janeiro

RIO DE JANEIRO - O 1º Batalhão da Polícia Militar do Rio de Janeiro prendeu, na noite desta terça-feira, mais um suspeito de ter assassinado a estudante e estagiária Karla Leal dos Reis, de 25 anos, com um tiro na cabeça após um assalto na noite do último domingo. O suspeito foi encaminhado a 6ª D.P. Cidade Nova, no Rio.

Redação |

David Wallace Pereira, de 18 anos, foi preso enquanto passava perto do local da morte de Karla. Com ele, foi encontrado um revólver de calibre 38.

AE
Augusto foi apresentado nesta terça-feira
Na noite de segunda-feira, o primeiro suspeito foi preso. Augusto César de Souza, de 27 anos, foi reconhecido pela mãe de Karla como o autor do disparo que matou a estudante. No retrato falado divulgado pela polícia o suspeito tinha um bigode , no entanto ele o raspou depois que o assassinato foi divulgado pela imprensa.

De acordo informações da DP, ele tinha sete passagens pela polícia, por roubo, furto e estupro e chegou a cumprir pena de cinco anos de prisão por roubo.

Crueldade

Polícia Civil

A estudante Karla Leal dos Reis

A estudante de administração de empresas, Karla Leal dos Reis, de 25 anos, foi morta na noite de domingo após um assalto na rua Dom Marcos Barbosa , na Cidade Nova, no centro, próximo ao prédio da Prefeitura do Rio. De acordo com a 6ª DP (Cidade Nova), Carla e os pais foram abordados por três homens armados que levaram seus pertences. As vítimas voltavam de um culto evangélico na Penha, zona norte da cidade.

Durante o assalto, a universitária pediu de volta aos bandidos a bíblia e o crachá da Caixa Econômica Federal, onde estagiava. Os criminosos devolveram os objetos e, segundos depois, um deles atirou na nuca da estudante. Muito abalada, a mãe da vítima pediu ajuda a um policial da estação Estácio do metrô. Carla foi encaminhada ao Hospital Municipal Souza Aguiar, mas morreu antes de receber atendimento médico.

A polícia irá solicitar as imagens das câmeras de segurança do metrô para ajudar nas investigações. A estudante havia completado 25 anos no sábado e terminaria a faculdade no final deste ano. O corpo da vítima foi enterrado na tarde de segunda-feira no cemitério do Catumbi. Cerca de 100 pessoas acompanharam o sepultamento.

*com informações da Agência Estado

Veja a reportagem sobre a prisão do segundo suspeito:

Leia mais sobre: violência no Rio

    Leia tudo sobre: riorio de janeiroviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG