Polícia prende no Rio casal suspeito de fraudar companhias aéreas em R$ 1 milhão

RIO DE JANEIRO ¿ Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) prenderam, nesta segunda-feira, em Saquarema, Região dos Lagos, um casal e um frentista suspeitos de integrarem uma quadrilha que fraudava companhias aéreas.

Redação |

De acordo com a Polícia Civil, o prejuízo causado a essas empresas pode chegar a mais de R$ 1 milhão. Os detidos serão apresentados esta tarde na sede da Delegacia de Roubos e Furtos.

Segundo as investigações, que tiveram início em janeiro deste ano, o grupo fraudava dados de cartões de crédito de terceiros e, com essas informações, comprava passagens aéreas. Os bilhetes eram revendidos pela metade do preço. Os dados dos cartões, de acordo com a polícia, eram obtidos por meio do frentista.

Para chegar à quadrilha, a polícia teve acesso a sete mil horas de escutas telefônicas autorizadas pela Justiça e conversou com pessoas que tiveram dados de seus cartões de crédito fraudados. Entre os lesados, estão jogadores de futebol e militares.

De acordo com a Polícia Civil, o casal foi preso em uma cobertura de frente para o mar, em Saquarema. Na garagem do prédio foram apreendidas motos importadas e carros, entre eles, uma Mercedez Benz Classe A.

Leia mais sobre: fraudes

    Leia tudo sobre: cartão de créditofraudepolicia civilprisãoquadrilhario

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG