Polícia prende locutor que recusou fazer teste do bafômetro

O locutor Dirceu Benedito Marchioli, de 53 anos, conhecido na imprensa esportiva como Dirceu Maravilha, atualmente funcionário da Rádio Record, foi detido, por volta da 2h desta madrugada, em seu Toyota Rav 4, na região de Pinheiros, zona oeste da capital paulista, por desrespeitar a Lei Seca.

Agência Estado |

De acordo com a polícia, clientes da Galeria dos Pães, padaria localizada nos Jardins, zona sul da capital paulista, ligaram para o 190, informando que o locutor estava muito alterado e discutia com a namorada.

Quando os PMs chegaram ao local, a namorada de Dirceu tinha ido embora de táxi. Abordado pelos policiais sobre a suposta discussão e nervosismo, o locutor não quis saber de conversa e entrou em seu veículo. Mas, foi perseguido pelos PMs e acabou parando o carro na esquina da rua Teodoro Sampaio com a rua Capote Valente, em Pinheiros.

Segundo a polícia, Dirceu aparentava estar embriagado e recusou-se a fazer o teste do bafômetro. Multado por embriaguez ao volante e por falta de documentação do carro, o funcionário da Rádio Record foi encaminhado ao plantão do 14º Distrito Policial de Pinheiros. De lá, foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), onde, caso se recuse a fornecer sangue para teste de dosagem alcoólica, será submetido a um exame clínico.

    Leia tudo sobre: lei

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG