Polícia prende acusado de seqüestrar enfermeira em SP

A Polícia Civil de Piedade, na região de Sorocaba (SP), prendeu hoje um dos dois acusados de seqüestrar a enfermeira Lílian Soares da Silva, de 26 anos, no sábado e que levaram uma surra da vítima e do pai dela, o aposentado Amadeu Soares da Silva, de 54. O suspeito, Cláudio Roberto Dias, de 24 anos, foi detido na zona rural da cidade, onde estava escondido.

Agência Estado |

Inicialmente, Dias negou participação no crime, mas foi reconhecido pelo pai da vítima. A polícia identificou o segundo seqüestrador.

Ele era procurado hoje. O suspeito foi identificado pelo prenome de Edson, mas a polícia informou acreditar que seja um nome falso. Outro homem foi detido como suspeito do crime, mas não foi reconhecido e acabou liberado. Os dois homens renderam Lílian quando ela entrava no carro, no centro de Piedade. Amadeu Soares da Silva, que chegava naquele momento, percebeu o seqüestro e saiu em perseguição aos bandidos. Numa estrada rural, ele jogou a caminhonete contra o automóvel, que saiu da estrada e bateu no barranco. Ajudado pela filha, o aposentado entrou em luta corporal com os seqüestradores, que, assustados, fugiram. De acordo com a Polícia Civil, é possível que os dois acusados tenham participado do roubo a uma empresa da cidade, ocorrida horas antes do seqüestro de Lílian.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG