SÃO PAULO - A Polícia Civil do Estado de São Paulo prendeu, na manhã desta segunda-feira, noves suspeitos de desvio de dinheiro do Estado por meio da compra de remédios fora do protocolo do Ministério da Saúde, de acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública. Entre os presos estão médicos, representantes comerciais e advogados.

A suposta quadrilha atuava na região da cidade de Marília, no interior do Estado de São Paulo, e já teria desviado R$ 63 milhões em compra de remédios para psoríase. Ainda nesta segunda, a polícia cumpre outros 12 mandados de busca e apreensão em Marília.

Leia mais sobre: desvio de recursos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.