Uma operação da Polícia Civil no final da tarde de quarta-feira prendeu 38 pessoas e deteve seis adolescentes em Santa Cruz das Palmeiras, na região de Ribeirão Preto (SP). O grupo é suspeito de ter ligação com a facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).

O cerco da Polícia Civil foi feito em uma chácara, onde a quadrilha realizava um churrasco, com drogas, para, segundo a polícia, traçar metas e estratégias de ação durante este ano na região. Os policiais foram recebidos a tiros e quatro bandidos ficaram feridos. Pelo menos duas pessoas conseguiram fugir.

Cerca de 30 policiais participaram da ação. Foram apreendidos oito veículos, cerca de 200 pedras de crack, quatro porções de maconha, 24 celulares, carteiras, cerca de R$ 2 mil em dinheiro e aparelhos eletroeletrônicos. A maioria dos presos já tinha passagem pela polícia, por diversos crimes. Após a troca de tiros, a Polícia Militar auxiliou o trabalho, fechando as ruas e dando cobertura às transferências dos detidos.

Os adolescentes foram liberados após passarem pela Vara da Infância e da Juventude. Os presos foram encaminhados para a Cadeia de Casa Branca. Eles serão indiciados por tráfico, associação ao tráfico e formação de quadrilha.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.