SÃO PAULO (Reuters) - A polícia de Pernambuco prendeu 32 pessoas nesta terça-feira numa operação para desbaratar um esquadrão da morte responsável por 18 assassinatos desde outubro do ano passado, informou a Secretaria de Defesa Social do Estado. Entre os presos estão dois policiais militares e quatro guardas municipais. A operação, batizada de Dragagem, contou com a participação de 290 policiais e cumpriu 34 mandados de busca e apreensão. Uma pessoa que teve a prisão decretada não foi encontrada pela polícia.

Os mandados foram cumpridos em oito cidades do Estado, entre elas a capital Recife.

De acordo com informações da secretaria, a operação foi iniciada na madrugada desta terça-feira e é resultado de investigações iniciadas em outubro de 2007 na delegacia da cidade de Ribeirão, na zona da mata pernambucana.

(Reportagem de Eduardo Simões)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.