Polícia paranaense prende gaúcho foragido há 23 anos

CURITIBA - Um homem foragido da Justiça do Rio Grande do Sul há 23 anos foi preso nesta sexta-feira em Curitiba, por policiais civis do Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos (Nurce).

Agência Estado |

Onilton Cristóvão Bernardo, de 52 anos, estava com mandado de prisão preventiva desde 1986, suspeito de ter matado a tiros João Valdeir Pacheco de Oliveira, segundo informações da Agência Estadual de Notícias.

De acordo com a investigação da polícia gaúcha, a vítima tinha uma dívida com Bernardo.

Logo depois do crime, ele teria fugido para São Gabriel do Oeste, no Mato Grosso do Sul, e em seguida para Salto do Lontra, próximo a Francisco Beltrão, Oeste do Paraná. Ele chegou a Curitiba há dez anos e estava na casa de parentes, desde então.

De acordo com o delegado-chefe do Nurce, Robson Barreto, a polícia do Rio Grande do Sul comunicou a polícia paranaense do mandado de prisão e de onde o suspeito poderia estar. A investigação para localizá-lo durou cerca de 15 dias. Bernardo foi encaminhado ao Centro de Triagem e aguarda transferência para a cidade gaúcha de São Marcos.

Leia mais sobre: violência

    Leia tudo sobre: prisãoviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG