A Polícia Civil de Minas Gerais está à procura de um maníaco sexual que já matou pelo menos três mulheres no bairro Industrial, na zona oeste de Belo Horizonte. Os resultados da análise do material genético mostraram que o esperma encontrado nas vítimas é do mesmo homem.

A Polícia acredita que dois outros crimes podem ter sido praticados pelo assassino.

As mortes ocorreram entre abril e novembro do ano passado. Ana Carolina Assunção, de 27 anos, foi encontrada estrangulada dentro do seu próprio carro no dia 16 de abril. O crime chocou os mineiros: seu filho, um bebê de apenas um ano, estava no veículo e foi encontrado ao lado do corpo da mãe.

No dia 17 de setembro, Maria Helena Aguilar, de 49 anos, foi encontrada estrangulada dentro de seu carro. Edna Cordeiro, de 35 anos, saiu da faculdade onde trabalhava e também não chegou em casa. O carro foi abandonado perto da região. Seu corpo foi encontrado no dia seguinte, numa estrada no município vizinho.

Segundo o delegado Frederico Raso, que participa da investigação do caso, há um padrão de comportamento comum em todos esses crimes. A Polícia Civil informou que já investiga alguns suspeitos. A expectativa da polícia é que outras vítimas do maníaco que tenham conseguido escapar possam aparecer para fornecer informações.

A notícia fez moradores de Belo Horizonte relembrarem outra série de estupros e assassinatos de mulheres no início da década. Entre 1999 e 2001, 12 mulheres foram assassinadas na região próxima ao campus da Universidade Federal de Minas Gerais. Os casos nunca foram solucionados. A Polícia não conseguiu chegar ao autor dos crimes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.