Polícia Militar prende dois e estoura pontos de tráfico em São Paulo

SÃO PAULO - A prisão de dois traficantes, entre as 20h30 e o final da noite desta sexta-feira, permitiu que policiais militares do 27º e 12º Batalhões estourassem dois pontos de distribuição de drogas na zona sul da cidade de São Paulo.

Agência Estado |

Os dois flagrantes resultaram na apreensão de 829 cápsulas de cocaína, 1.137 pedras de crack, 761 trouxinhas de maconha, 16 comprimidos de ecstasy, oito frascos de lança-perfume, quatro radiocomunicadores, um celular e R$ 500.

Conhecido como "Di Menor", João Felipe Novaes de Oliveira, de 18 anos, foi detido após uma denúncia anônima próximo ao Sesc Interlagos, no Jardim Guaembu 2, por policiais da Força Tática do 27º Batalhão. Os policiais, em posse do endereço da casa do suspeito, conseguiram flagrá-lo embalando cocaína dentro do imóvel.

Segundo a Polícia Militar, Felipe era responsável pela distribuição da droga no entorno do Sesc e morava com a mãe que, apesar de não participar do esquema criminoso, era conivente com as ações do filho. Levado ao 101º Distrito Policial (Jardim das Embuias), Oliveira foi autuado em flagrante por tráfico.

No final da noite, policiais militares da 1º Companhia do 12º Batalhão prenderam Edivânio Barbosa Santos, de 25 anos, acusado de ser um dos "braços" do tráfico de drogas na Favela do Piolho, na Vila Congonhas, região do Aeroporto de Congonhas.

Ao ver a viatura em patrulhamento pela Rua Casemiro de Abreu, Barbosa correu para o interior da favela, entrou em um dos barracos, mas foi encontrado e dominado pelos policiais. O rapaz foi indiciado por tráfico no plantão do 27º Distrito Policial, do Campo Belo.

Leia mais sobre: tráfico de drogas

    Leia tudo sobre: tráfico de drogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG