RIO DE JANEIRO - A Polícia Civil do Rio de Janeiro libertou nesta sexta-feira, por volta das 6h, a empresária V.V.S.F, de 29 anos, na favela do Lixão, em Duque de Caxias (RJ), seqüestrada desde 9 de abril.

A empresária foi seqüestrada enquanto saia de seu colégio, em São João do Meriti. A vítima foi abordada por quatro homens, que estavam em duas motocicletas. Dois dos bandidos renderam a vítima e entraram no seu veículo ordenando que seguisse a motocicleta.

A vítima foi levada a uma casa onde permaneceu sob sedativos e dormindo no chão de um quarto improvisado.

A empresária disse em depoimento que os bandidos sabiam todos os seus dados pessoais e profissionais, o que leva a crer que o seqüestro já havia sendo arquitetado há algum tempo.

Segundo seu marido, os bandidos o ameaçam todo o tempo dizendo que se não fosse pago um resgate de R$ 70 mil reais eles cortariam sua esposa em pedaços.

Para o delegado que comandou a operação, Dr. André Drumond a ação foi um sucesso. Conseguimos cumprir o objetivo principal da missão, libertar a vítima sem danos corporais, disse.

Ao perceber a ação policial na região os bandidos fugiram. A polícia realiza buscas no local para localizá-los.

Leia mais sobre: seqüestros

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.