Denúncias apontam que homem estaria mostrando partes íntimas para crianças, o que provocou a revolta dos moradores

A Polícia Civil de Londrina (Paraná) investiga a morte de Marcos Oliva, de 38 anos, supostamente linchado na manhã de sábado por moradores do Jardim São Jorge, na zona norte da cidade. Ele foi levado com várias fraturas ao hospital pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), mas não resistiu e morreu à tarde.

As informações preliminares que chegaram à polícia são de que ele estava mostrando as partes íntimas para crianças na rua, o que acabou revoltando os moradores. A denúncia teria sido feita pelas próprias crianças. Após isso, algumas pessoas ficaram escondidas perto da casa de Oliva e, quando cometeu novamente o suposto atentado ao pudor, foi surpreendido e espancado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.