Polícia investiga morte de policial militar na praia

SALVADOR ¿ A Delegacia de Homicídios de Salvador investiga a morte misteriosa do policial militar Edson Alves dos Santos, 45 anos, ocorrido na Ilha de Maré (Grande Salvador), próximo à Ponte Genoabo. Segundo populares, três homens teriam espancado a vítima. Mas esta possibilidade foi negada pela própria mulher do PM, a técnica de enfermagem Edilene Santos Lopes, 34 anos, que buscou socorro quando o companheiro sumiu na praia após anunciar que mergulharia.

Agência Nordeste |

Detidos, o comerciante Carlos Alberto Santana, 39, o mecânico Jutair Rocha, 40, e o vendedor ambulante Samuel da Anunciação, 21, negam ter praticado violência contra o PM e dois deles afirmaram que ajudaram a retirar o corpo da água.

Segundo o titular da 5ª CP, delegado Deraldo Damasceno, a vítima não tinha sinais de espancamento, mas apresentava afundamento no lóbulo temporal esquerdo. Edilene conta que foi com o PM, companheiro dela há dez anos, para a Ilha de Maré, e que ambos beberam algumas cervejas, antes de iniciarem uma caminhada. A mulher contou que, em determinado ponto, o marido disse que iria mergulhar. Como o PM demorou, ela pediu ajuda.

Leia mais sobre: policiais mortos

    Leia tudo sobre: policiais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG