SÃO JOSÉ - A Polícia Civil de São José, em Santa Catarina, investiga a morte de Teresinha Aparecida dos Santos, de 7 anos, encontrada dentro de um forno micro-ondas no Morro do Socó, no municipio de São José, na Grande Florianópolis.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do Estado, os pais da criança sentiram sua falta no início da tarde de domingo e chamaram os vizinhos para auxiliar nas buscas à menina. Por volta das 14h30 de domingo, ela foi encontrada pela irmã mais velha, de 10 anos, já sem vida dentro do micro-ondas.

O aparelho antigo e sem uso ficava em um casa de bonecas onde Teresinha costumava brincar com a irmã mais nova, de dois anos.

Conforme a polícia, um exame preliminar realizado no corpo da menina não indicou nenhum tipo de violência sexual ou física. O corpo foi submetido a necrópsia no Instituto Geral de Perícias para a identificação das causas da morte. Coração e pulmão foram retirados para verificar se a garota morreu por falta de ar. A previsão é de que os resultados saiam em 10 dias.

Porém, segundo o delegado Rodolfo Cabral, que cuida do caso, tudo indica que o que aconteceu foi uma trágédia. "Foi uma fatalidade, não vimos nenhum tipo de lesão na vitima", afirma.

A polícia considera que Teresinha tenha entrado sozinha no micro-ondas e depois não conseguiu sair ou, então, que quando estava dentro do eletrodoméstico sua irmã menor bateu a porta e a prendeu sem querer.

Apesar de ter 7 anos, a polícia afirma que Teresinha media apenas 1 metro e pesava cerca de 30 kg, tendo aparência de uma garota de cinco anos.

A polícia realizará uma reconstituição do caso, com um boneco de peso e altura semelhantes a criança, ainda sem data certa para acontecer.

Menina morre dentro de forno micro-ondas

Leia mais sobre: tragédias

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.