Polícia investiga morte de bebê em creche no interior de São Paulo

ARAÇATUBA - A Delegacia da Mulher de Araçatuba, cidade a cerca de 527 km da capital paulista, investiga a morte de um bebê de cinco meses em uma creche municipal, no bairro de Umuarama, na manhã de terça-feira.

Lecticia Maggi, iG São Paulo |

Segundo o Boletim de Ocorrência, Luís Eduardo Macedo foi colocado para dormir por uma funcionária identificada como Juliana. Depois de algum tempo, quando foi olhá-lo novamente, por volta das 10h40, ela percebeu que ele não respirava e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Enquanto a ambulância não chegava, as funcionárias fizeram os primeiros-socorros e massagens cardíacas no menino, mas em vão. Ele chegou morto ao hospital.

A diretora da Escola Municipal de Educação Infantil Mariana Zanchetta Venturolli, Maria Denise Rassegawa, onde o caso ocorreu, disse que o bebê estava dormindo e ninguém sabe ao certo o que aconteceu. Só soubemos da morte na Santa Casa, afirma.

Denise não quis se pronunciar sobre a suspeita de que o bebê teria se engasgado com o leite, sem que percebessem. Aguardamos o laudo oficial do IML para comentar o que houve, tudo o que falam são boatos e especulações, afirmou.

O laudo do Instituto Médico Legal (IML) deve ficar pronto em 30 dias. A Prefeitura de Araçatuba informou, por meio de nota, que "lamenta o ocorrido, se solidariza com a dor da família e, junto à Secretaria de Educação, fará todos os esforços para que os fatos sejam esclarecidos".

Leia mais sobre: morte em creche

    Leia tudo sobre: bebêcrechemorte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG