Polícia investiga assassinato de professor em Sorocaba

O professor Valmir de Lima, de 37 anos, foi assassinado com um tiro na nuca, ontem, em Sorocaba. O corpo foi encontrado na Estrada da Campininha, zona rural da cidade, caído ao lado do carro de Lima. A Polícia Civil trabalha com as hipóteses de vingança ou latrocínio.

Agência Estado |

A porta lateral direita estava aberta, e a polícia apurou que ele foi morto no interior do veículo, no banco do passageiro. Lima lecionava geografia num colégio tradicional da cidade e era estimado pelos alunos. Eles realizaram um protesto durante o velório, cobrando a apuração do crime.

De acordo com a polícia, o professor morava sozinho e saiu de casa para ir à escola, mas não chegou para as aulas. O corpo foi encontrado por um morador da região. Uma das hipóteses é a de Lima ter sido vítima de sequestro relâmpago ao sair da residência.

A região onde foi encontrado tem plantação de eucaliptos e, em outras ocasiões, bandidos amarraram suas vítimas depois de obter as senhas dos cartões. O professor pode ter tentado uma fuga. A hipótese de vingança não foi descartada, embora Lima não tivesse inimigos, segundo familiares.

Peritos fizeram a coleta de impressões digitais no carro. A bolsa da vítima estava aberta ao lado do corpo, mas os cartões de crédito não foram levados. A polícia vai rastrear as contas para verificar se houve saques.

Vizinhos da vítima, que morava no Jardim Ana Maria, zona oeste da cidade, serão ouvidos. A classes atendidas pelo professor suspenderam as aulas para que os alunos acompanhassem o sepultamento, ontem, no cemitério Santo Antonio.

    Leia tudo sobre: sorocaba

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG