RIO DE JANEIRO ¿ Cinco academias foram interditadas e cinco pessoas foram presas nesta sexta-feira por agentes da Delegacia do Consumidor (Decon) em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. A mulher e os quatro homens detidos foram presos por exercício ilegal da profissão.

Eles serão autuados pelo crime e vão responder a processo no Juizado Criminal Especial. A operação foi uma continuação da Operação Supino, que tem como objetivo impedir que falsos professores de educação física exerçam a profissão e combater o uso de anabolizantes em academias.

No total, 12 academias foram vistoriadas. A operação contou com o apoio de fiscais do Conselho Regional de Educação Física (Cref1) e da Vigilância Sanitária Municipal.

Leia mais sobre: academias

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.