Polícia incinera 3 toneladas de maconha no Paraná

Plantas encontradas na quinta-feira chegavam a até três metros de altura

AE |

selo

A polícia do Paraná promoveu a incineração de parte de uma plantação de aproximadamente 60 mil pés de maconha, que foi encontrada na quinta-feira em uma chácara na Colônia Murici, em São José dos Pinhais. As plantas maiores, que chegavam a até 3 metros de altura, foram arrancadas, somando mais de 3 toneladas, que foram queimadas hoje. As menores foram destruídas no próprio terreno. Duas pessoas foram presas.

A plantação foi descoberta pela Guarda Municipal em um terreno de cerca de 40 mil metros quadrados, onde estava misturada com pés de milho. A polícia foi avisada e no local foram presos Antonio Olinek, dono da chácara, e seu irmão, Álvaro, indiciados por tráfico de drogas.

Inicialmente, Antonio disse que tinha ganhado sementes e plantara com intenção de vender para aumentar a renda. Mas o delegado Hamilton da Paz não acredita nessa versão. Segundo ele, o mais provável é que os irmãos tenham sido contratados por alguém com experiência no tráfico e que se apropriaria da plantação quando estivesse em condições de colheita. Eles começaram a plantar a maconha em setembro do ano passado.

    Leia tudo sobre: incineraçãomaconhapolíciaparaná

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG