Polícia identifica suspeito da morte de prefeito no PR

A polícia de Barbosa Ferraz, interior paranaense, identificou o principal suspeito do assassinato do prefeito da cidade, Mário César Lopes de Carvalho, ocorrido na noite de quarta-feira, segundo informações da Agência Estadual de Notícias do Paraná. De acordo com o delegado Francisco Caricati, quem teria cometido o crime por ciúmes da namorada, que é funcionária da prefeitura da cidade, é Dioniclei Pelussi de Oliveira.

Agência Estado |

A Justiça expediu ontem mandado de prisão temporária contra Oliveira, que está foragido.

"A funcionária contou em depoimento que seu namorado suspeitava de um possível relacionamento amoroso com o prefeito. Ela disse também que ele é bastante agressivo e foi taxativa ao dizer que acredita que ele seria capaz de cometer um crime como esse", informou o delegado.

Outra evidência que levou a polícia a considerar Dioniclei, de 23 anos, como o principal suspeito é o fato do carro de seu pai ter sido encontrado abandonado nas proximidades do crime. Segundo o delegado, a ligação que o prefeito recebeu no Clube da Piscina teria partido do telefone do suspeito. Sete minutos antes de morrer, o prefeito teria ligado para o celular de Oliveira.

De acordo com Caricati, para descobrir o possível envolvimento da funcionária com o prefeito, o suspeito teria se passado por ela em conversas pela internet. "Ela nos contou que o prefeito costumava conversar com os funcionários pelo MSN. A desconfiança é que Dioniclei tenha usado a senha da funcionária para se passar por ela em conversas com o prefeito", afirma o delegado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG