Polícia Federal realiza operação contra crimes financeiros no RN

SÃO PAULO - A Polícia Federal no Rio Grande do Norte, em conjunto com a Receita Federal, deflagrou na manhã desta quarta-feira, a Operação Escambo, a fim de desarticular uma organização criminosa sediada no Rio Grande do Norte, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Os supostos criminosos praticavam crimes contra o sistema financeiro nacional com a realização de câmbio clandestino de moeda estrangeira e crimes contra a ordem tributária.

Redação |

Acordo Ortográfico

De acordo com o balanço divulgado pela PF, no total, 137 Policiais Federais acompanhados de 23 Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil cumprem 26 Mandados de Busca em Natal, no Rio Grande do Norte e três em Belo Horizonte. Estão sendo cumpridos também mandados de prisão preventiva.

Já no Rio de Janeiro, um desdobramento da operação Escambo, recebeu o nome de 1357, sob coordenação da Diretoria de Inteligência Policial ¿ DIP, onde foram cumpridos cinco mandados de prisão preventiva e nove temporárias, alem de 32 mandados de busca e apreensão.

No Rio, o enfoque da ação no foi desarticular uma ramificação da organização criminosa responsável pela exploração de maquinas caça-níqueis, além de câmbio ilegal e lavagem de dinheiro.

Segundo a PF, os presos também são suspeitos de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.
Há mais de um ano a PF investigava um grupo organizado de doleiros, que praticavam câmbio clandestino de moedas.

Além disso, o produto obtido com o crime era dissimulado em uma estrutura empresarial criada para lavagem de dinheiro. Tais atividades resultavam na sonegação de tributos.

Leia mais sobre: crimes financeiros

    Leia tudo sobre: crimes financeiros

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG