Polícia Federal procura 26 pessoas por suposto grupo de extermínio

RECIFE - A Polícia Federal (PF) de Pernambuco realiza, na manhã desta terça-feira, a operação Êxodo-7 contra um suposto grupo de extermínio composto por traficantes, vigilantes, assaltantes, presos e policiais. São 26 mandados de prisão preventiva, 28 de busca e apreensão e seis de condução coercitiva de testemunhas.

Redação |

De acordo com a Polícia Federal, o suposto grupo é liderado por um político de Olinda, em Pernambuco, e forma uma "milícia urbana" que controlaria o bairro do Rio Doce. A organização faria o extermínio de rivais e desafetos.

As investigações começaram há quatro meses e contou com um efetivo de 140 policiais federais, sete civis e 14 militares. Se presos, os 26 suspeitos devem responder por crimes de quadrilha armada, tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, tráfico de armas, concussão e corrupção ativa e passiva e homicídio qualificado.

A Polícia Federal explicou, por meio de nota, que o nome da operação faz referência à passagem bíblica do êxodo, que narra quando o Egito é assolado por uma praga.

Leia mais sobre: grupo de extermínio

    Leia tudo sobre: grupo de exterminioolindapernambucorecife

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG