Polícia Federal prende oito suspeitos de grampo clandestino no Espírito Santo

ESPÍRITO SANTO - Oito pessoas foram presas nesta quarta-feira durante a operação da Polícia Federal (PF) no Estado do Espírito Santo, com o objetivo de desarticular uma quadrilha especializada na realização de escutas telefônicas sem autorização judicial e também pela falsificação de diplomas escolares.

Agência Estado |

Segundo a corporação, estão sendo cumpridos nove mandados de prisão e 17 de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Federal Criminal de Vitória, nos municípios de Vila Velha, Serra, Cariacica, Guarapari, Piuma e Itarana, além da capital do Estado.

As investigações da Operação Capelo, que começaram há cerca de três meses, encontraram um grupo especializado na realização de escutas clandestinas.

De acordo com a polícia, detetives particulares, motivados por questões financeiras ou por interesses pessoais, "grampeavam" os telefones de seus alvos e passavam semanas espionando. Os diálogos ilegalmente interceptados eram vendidos aos clientes.

Os gravadores eram colocados nos armários de telefonia existentes nas ruas da cidade e, diariamente, um dos membros da quadrilha trocava as fitas cassetes com os diálogos gravados. Os suspeitos contavam com a ajuda de um policial militar e um ex-policial militar, além de um funcionário de uma empresa terceirizada da área de telefonia, que fornecia ao grupo todas as informações necessárias à realização dos "grampos", tais como localização do armário de telefonia e o fornecimento da chave.

Paralelamente, outra parte da quadrilha se especializou na produção e comercialização de diplomas falsos. Os anúncios para venda dos documentos eram livremente exibidos na internet e qualquer interessado poderia adquirir um diploma de 2º grau ou mesmo de curso técnico pagando a quantia exigida. Para a confecção dos documentos, duas escolas virtuais foram criadas.

Leia mais sobre: escutas telefônicas

    Leia tudo sobre: escutasoperaçãopolícia federal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG