Polícia Federal prende 6 pessoas no Rio suspeitas de contrabando

RIO DE JANEIRO - Seis pessoas foram presas pela Polícia Federal (PF) no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, sob as acusações de contrabando de equipamentos eletrônicos e uso de documentos falsos.

Agência Estado |

As prisões ocorreram na noite de sexta-feira, no momento do desembarque. Segundo a PF, foram apreendidos 300 quilos de mercadorias: notebooks, câmeras fotográficas, filmadoras e videogames.

Os equipamentos, que vieram de Ciudad del Este, no Paraguai, em voo com conexão em Guarulhos, seguiriam para Belo Horizonte e o sul de Minas Gerais, segundo a investigação. Os acusados alegaram engano e pediram outra passagem à companhia aérea ao desembarcar em Guarulhos, na tentativa de burlar a fiscalização, segundo a PF.

O objetivo seria retirar a bagagem no Rio como se fosse de passageiros de um voo nacional. Além das acusações de contrabando e uso de documentos falsos, os acusados ainda poderão ser indiciados por formação de quadrilha.

    Leia tudo sobre: pf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG