Polícia Federal prende 19 suspeitos de tráfico de drogas no Sul

Cerca de 80 policiais federais foram destacados para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão em cidades do RS, SC e PR

iG São Paulo |

A Polícia Federal (PF) em Passo Fundo, no Rio Grande do Sul, prendeu 19 pessoas nesta quinta-feira acusadas de participar de uma quadrilha que atuava no tráfico internacional de drogas nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

Mato Grosso: Policial que ajudava a distribuir drogas de dentro de presídio é preso
Rio de Janeiro: São Carlos, a UPP que ainda não deu certo

Divulgação/PF
Flagrante realizado durante a investigação da operação
Cerca de 80 policiais federais foram destacados para cumprir os 17 mandados de busca e apreensão e os 20 mandados de prisão nos municípios de Passo Fundo, Erechim, Porto Alegre (RS), Caçador (SC) e Foz do Iguaçu (PR).

Segundo a PF, a ação, chamada de Operação Progresso, teve início no mês de julho de 2011 e durante a investigação os policiais federais prenderam 14 pessoas em flagrante, realizaram a apreensão de aproximadamente 37kg de cocaína, 332 kg de maconha e 11 veículos.

Durante as investigações, foi verificado que duas famílias de Erechim atuavam no tráfico de drogas nas regiões. Um homem, sua mãe e esposa são suspeitos de traficar drogas no bairro Progresso, em Erechim. Em Foz do Iguaçu, no Paraná, e em Caçador, em Santa Catarina, um pai e dois filhos foram presos nesta quinta-feira, sendo que um terceiro filho já havia sido preso em janeiro deste ano com 11kg de cocaína. Esta família também era originária do bairro Progresso de Erechim.

Além das famílias, um homem assassinado a tiros na semana passada de Erechim também era investigado durante a operação. Ele era residente e proprietário de uma lavagem de veículos. Um homem de nacionalidade paraguaia está foragido e está sendo procurado pela Interpol.

A Operação Progresso foi realizada dentro do âmbito da Operação Sentinela, que é uma intensificação do controle, fiscalização e inteligência policial na faixa de fronteira do Brasil com países vizinhos e visa à prevenção e repressão de crimes transnacionais, como contrabando, descaminho, tráfico internacional de drogas, armas e munições.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG