Polícia Federal prende 15 em operação contra tráfico de drogas

CURITIBA - A Polícia Federal prendeu, na manhã desta quarta-feira, 15 pessoas durante a Operação Satélite, deflagrada com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que atuava no tráfico de entorpecentes em Maringá, no Paraná, e em outras cidades da região.

Redação |

De acordo com a polícia, dos 15 mandados de prisão previstos foram cumpridos 10 nas cidades de Maringá, Cruzeiro do Oeste e Rolândia, no Paraná e Rosana, em São Paulo.

Além disso, houve um flagrante com a prisão de cinco pessoas e apreensão de 500 gramas de maconha e 490 gramas de cocaína. Foram apreendidos ainda seis veículos ¿ dois Golfs, um Fiat Stilo, um Peugeot, um Audi, uma caminhonete F.250 e uma moto Twister.

Participam da Operação Satélite 52 policiais federais.

Investigação

A investigação teve início no último mês de fevereiro e tinha como alvo principal Welbster Benevenuto Albertassi, de 28 anos, residente em Maringá, com "longo histórico de denúncias relativas à sua atividade como traficante", segundo a PF.

Welbster é acusado de ser o maior responsável pela aquisição e posterior distribuição de drogas ¿ geralmente cocaína e crack ¿ em Maringá e cercanias.

Ao longo da investigação ocorreram treze flagrantes, que possibilitaram a prisão de 21 pessoas, apreensão de três adolescentes, 14 automóveis e três motocicletas. Além disso, foram apreendidos aproximadamente 65 kg de cocaína, tanto em forma de pasta-base quanto em forma de crack.

Vários envolvidos que tiveram prisão preventiva decretada já haviam sido presos ao longo da operação, como é o caso de Welbster, preso pela PF em Maringá em maio, com 12 kg de cocaína. Outros foram presos na manhã desta quarta, em cumprimento aos mandados expedidos pela Justiça Estadual da Comarca de Maringá.

Leia mais sobre: tráfico de drogas

    Leia tudo sobre: crimeoperaçãotráfico de drogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG