Polícia Federal prende 10 por desmatamento irregular no Mato Grosso

SÃO PAULO - Dez pessoas foram presas nesta quinta-feira durante a Operação Arco de Fogo, da Polícia Federal (PF), que teve o objetivo de fiscalizar áreas de desmatamento irregular identificadas por satélite em Feliz Natal, no Mato Grosso.

Agência Estado |

A corporação fiscalizou propriedades rurais e regiões dentro do Parque Nacional do Xingu. Os agentes encontraram uma área devastada dentro de uma fazenda com grande quantidade de madeira cortada.

Não havia autorização para o desmatamento na área nem documentos que autorizariam o transporte da madeira. No local foram encontrados um trator, um caminhão carregado com toras e mais três que estavam sendo preparados para receber o carregamento.

Cinco caminhoneiros e dois operadores de motosserra foram presos. Um dos responsáveis pela atividade está foragido. Ainda durante a fiscalização, mais três homens armados foram presos em uma estrada. Eles se assustaram com a presença das viaturas e tentaram fugir abandonando o carro e as armas.

Com os presos foram encontrados três revolveres calibre 38 e uma espingarda calibre 20. Nenhuma das armas possuía qualquer documento, sendo que um dos revolveres estava com a numeração raspada. A polícia trabalha com a possibilidade de que os três homens sejam pistoleiros. Existe ainda a suspeita de que algum "trabalho" seria realizado em breve.

Leia também:

Leia mais sobre: desmatamento

    Leia tudo sobre: desmatamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG