Polícia Federal já prendeu 112 em operações contra tráfico

RIO DE JANEIRO - As Operações Trilha e Nocaute, deflagradas pela Polícia Federal na última quarta-feira, já levaram à prisão de 112 pessoas acusadas de envolvimento com o tráfico de drogas sintéticas. Além delas, outros 13 envolvidos, cujos mandados de prisão foram concedidos por três juízes fluminenses, continuam sendo procurados.

Agência Estado |

Na quarta, quando as duas operações foram deflagradas, os quase 300 agentes da Polícia Federal que atuaram no Rio e em sete Estados localizaram e prenderam 55 dos 68 denunciados à Justiça Federal e Estadual com mandados de prisão deferidos.

Outros 57 envolvidos foram presos nos dez meses de investigações, principalmente em 26 flagrantes de tráfico de cocaína do Brasil para o exterior e de drogas sintéticas da Europa para o Brasil. Nesta quinta-feira, policiais federais foram apreender um computador na residência de Ângela Tadeu, mãe de Alexandre Lemos Frossard, preso na quarta.  

A busca ocorreu após a mãe do preso, numa conversa telefônica pela manhã, comentar que, se a polícia tivesse pego o computador de sua casa, o filho estaria mais comprometido. Ela não imaginava que o telefone continuava monitorado com autorização judicial. As operações da Polícia Federal resultaram até agora em cinco ações penais em três juízos diferentes. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Leia mais sobre: tráfico

    Leia tudo sobre: tráfico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG