Polícia Federal investiga roubo de mais de R$ 1 milhão em banco no Ceará

CEARÁ - A Polícia Federal auxilia a Polícia Civil a investigar o roubo de mais de R$ 1 milhão da agência do Banco do Brasil em Quixadá, no Ceará, neste fim de semana.

Agência Estado |

Segundo a Polícia Federal, os funcionários só perceberam que o cofre estava vazio na manhã desta segunda, quando chegaram para trabalhar.

O modus operandi do roubo foi igual ao usado no furto milionário do Banco Central (BC) de Fortaleza, em agosto de 2005, quando um consórcio de quadrilhas levou R$ 164,7 milhões da agência. Não houve reféns, nenhuma bala chegou a ser disparada e ninguém foi preso.

A polícia quer saber se os ladrões têm ligação com a mesma quadrilha que agiu em Fortaleza.

Uma equipe da perícia da Polícia Federal já esteve no local. Segundo o delegado Jairo Pequeno, que acompanhou o caso, os ladrões alugaram um imóvel a duas quadras da agência, onde montaram um lava-jato. Foi de lá que partiu o túnel. "Não precisaram cavar muito, pois eles aproveitaram a galeria pluvial", disse o delegado.

Leia também:

Leia mais sobre: roubo

    Leia tudo sobre: bancoroubo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG