Policiais federais, que realizam uma paralisação nesta quarta-feira em todo o País, fazem a chamada operação padrão no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. O protesto também deve ocorrer no aeroporto de Guarulhos, a partir das 17h.

AE
Policiais Federais realizam paralisação de 24 horas

Policiais Federais realizam paralisação de 24 horas

Durante a operação, policiais federais pedem documentos para todos que embarcam após a passagem no detector de metais. Segundo informações da Infraero, as empresas aéreas já têm informado os passageiros sobre a possibilidade de filas e atrasos devido à ação. 

Os serviços essenciais, como escolta de preso e emissão de passaporte, não foram interrompidos.

Aumento de salário

De acordo com informações da Federação Nacional dos Policiais Federais, a paralisação atinge todo o País. A principal reivindicação é a reestruturação salarial dos servidores.

Marcos Vinício de Souza Wink, presidente da Fenapef, explica que a decisão reflete a insatisfação generalizada da categoria. Nos últimos anos, entre todas as carreiras típicas de Estado, os policiais federais foram os mais desprestigiados em termos de reestruturação salarial, afirma Wink.

Se as reivindicações da categoria não forem atendidas, os policias federais prometem nova paralisação para os dias 28 e 29 deste mês.

A expectativa do sindicato é que cerca de 600 pessoas se reúnam na mobilização de São Paulo e cerca de 10 mil no país todo. Ainda não há um balanço oficial.

Leia mais sobre PF

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.