Polícia Federal faz paralisação por reajuste salarial

Policiais federais de todo o País fizeram uma paralisação relâmpago nesta quarta-feira, entre 8h e 14h, para reivindicar reajuste salarial de 24% e a readequação do plano de carreira. Com isso, alguns serviços, como a emissão de passaporte, ficaram prejudicados, segundo a Federação Nacional das Polícias Federais.

Agência Estado |

Somente as pessoas com agendamento prévio foram atendidas na maioria dos postos. Durante a paralisação, a categoria manteve somente os plantões e a custódia de presos. Os serviços que ficaram prejudicados com a greve são: emissão de passaporte, emissão de porte de arma, fiscalizações e investigações.

A federação ainda não tem um balanço sobre a adesão da paralisação, mas um levantamento deve ser divulgado até o fim do dia. Caso as reivindicações não sejam atendidas, os policiais prometem voltar a suspender as atividades por 48 horas, a partir do dia 28.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG