Polícia Federal faz operação contra desvio de verba em Goiás

Segundo o Ministério Público, há indícios de irregularidades relacionadas às obras do Parque Mutirama, em Goiânia

AE |

selo

A Polícia Federal (PF) está cumprindo diversos mandados de prisão e de busca e apreensão na manhã desta quinta-feira contra envolvidos em desvio de dinheiro público em obra de parque em Goiás. A Operação Mutirama teve início com as investigações do Ministério Público Federal (MPF) sobre irregularidades relacionadas às obras do Parque Mutirama, em Goiânia, desde janeiro de 2010. 

Divulgação
Dinheiro e materiais apreendidos duranta a operação
Segundo o MPF, as obras de reestruturação do Parque Mutirama totalizam um investimento superior a R$ 80 milhões, dos quais R$ 55 milhões são provenientes de convênios firmados entre o Município e o Ministério do Turismo. O MPF, inclusive, ajuizou ação civil pública para impedir o seu início, por estar convencido de que foram praticadas graves ilegalidades durante procedimento licitatório, que selecionou a empresa Warre Engenharia Ltda. para a execução dos serviços. 

Após a Justiça ter autorizado o início das obras, o MPF passou a verificar a correta aplicação dos recursos públicos investidos no Parque Mutirama, realizando vistorias e analisando documentos, tais como projetos, boletins de medição, planilhas de custo e outros.

Durante as apurações foi constatada divergência entre os serviços efetivamente executados pela empresa Warre Engenharia Ltda. e aqueles descritos nos boletins de medição, documentos que propiciam o levantamento da evolução físico-financeira da obra e originam pagamentos.

    Leia tudo sobre: polícia federalgoiasoperação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG