Polícia Federal faz mutirão para acabar com fila do passaporte

A Polícia Federal (PF) ampliou em duas horas o período de atendimento para a emissão de passaportes em sua sede na Lapa, zona oeste de São Paulo. Além disso, abrirá os postos dos Shoppings ABC e Ibirapuera aos sábados. Com essas medidas, o órgão pretende reduzir a espera para atendimento.

Agência Estado |

A demora, segundo a PF, aumentou por conta da troca da empresa responsável pelo serviço - a Datasist deu lugar à Cosejes - e do crescimento da demanda. A substituição das empresas prejudicou o atendimento entre fevereiro e março. "Nossa intenção era que essa mudança nem fosse percebida pela população, mas calhou de haver um aumento da procura exatamente nesse momento", explicou, em fevereiro, o delegado Diógenes Peres de Souza, chefe do Núcleo de Passaportes da Superintendência da PF em São Paulo.

A primeira mudança de horário ocorreu no principal posto de emissão, na Superintendência da Polícia Federal. Desde quarta-feira, feriado de Tiradentes, o expediente é das 7h às 19h. Anteriormente, ia das 8h às 18h. As duas horas de acréscimo, de acordo com a PF, aumentam em cem pessoas a capacidade diária de atendimento. O novo horário deverá ser mantido até a normalização do serviço.

Tanto os postos avançados no Shopping ABC, em Santo André, no ABC paulista, quanto o do Ibirapuera, na zona sul da capital, funcionarão excepcionalmente a partir de amanhã. No primeiro, o expediente será das 10h às 20h, durante seis sábados. No Ibirapuera, o atendimento aos sábados ocorrerá das 10h às 18h, entre 40 a 60 dias, exceto dia 1º de maio.

Leia mais sobre passaportes

    Leia tudo sobre: passaportes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG