BRASÍLIA ¿ Policiais federais e fiscais da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) realizam nesta terça-feira a ¿Operação Virtua Pharma¿ com o objetivo de coibir o comércio ilegal de medicamentos pela internet. A ação visa a cumprir 36 mandados de busca e apreensão nos Estados da Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo, além do Distrito Federal.

Segundo a Polícia Federal, os mandados foram expedidos pela Justiça Federal e estão sendo cumpridos em estabelecimentos comerciais e residências. As investigações mostraram que remédios para emagrecer, abortivos e de disfunção erétil, em alguns casos falsos, eram vendidos livremente através de páginas de relacionamento social, sites próprios e fóruns de discussão.

Os responsáveis pela comercialização dos medicamentos poderão responder pelos crimes de contrabando e contra a saúde pública, cuja pena máxima é de 15 anos. Ainda não há um resultado parcial da operação.

Veja também:

Leia mais sobre: medicamentos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.