Polícia Federal desmonta quadrilha que falsificava passaportes

SÃO PAULO - A Polícia Federal (PF) cumpre hoje dez mandados de busca e apreensão, sendo nove na capital paulista e um em Varginha, Minas Gerais, para combater uma quadrilha de falsificadores de passaportes. Também foram expedidos pela Justiça Federal nove mandados de prisão preventiva.

Agência Brasil |

As investigações começaram em 2007 com a apreensão de passaportes falsos no Aeroporto Internacional de Guarulhos, que seriam usados para a entrada nos Estados Unidos e em países europeus. Durante as investigações, também foram realizados flagrantes no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, além do de Guarulhos, onde nove pessoas foram presas.

Até o momento, a polícia apreendeu diversos documentos falsos, como carteiras de identidade e CPFs, além de passaportes de diversas nacionalidades e outros instrumentos usados para a falsificação de documentos.

Os presos responderão pelos crimes de falsificação de documento público, falsidade ideológica e formação de quadrilha, cujas penas variam de um a seis anos de reclusão e multa, dependendo do tipo de crime.

Leia mais sobre: PF

    Leia tudo sobre: pf

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG