Polícia Federal desencadeia operação contra o comércio ilegal de peixes no Mato Grosso

MATO GROSSO - A Polícia Federal desencadeou nesta sexta-feira, 27, uma operação contra o comércio ilegal de peixes na reserva Indígena Umutina durante o período da piracema, no município de Barra do Bugres, no Mato Grosso. A ação prevê 13 mandados de prisão e 15 de busca e apreensão.

Redação |

A operação foi denominada Uauiara, nome de um deus dos rios e protetor dos peixes.

Segundo a Polícia, a investigação começou a partir de dezenas de flagrantes e relatórios de fiscalização da Secretaria do Meio Ambiente (Sema). De acordo com registros, os Umutina vem comercializando peixes no período da piracema há pelo menos 14 anos.

A PF estima que tenham sido comercializados por ano, só no período da
piracema, entre 80 a 100 toneladas de peixes.

O quilo do peixe era vendido pelos Umutina com preços muito abaixo mercado. Os valores ficavam entre R$ 1,00 e R$ 3,00, e o quilo era revendido pelos atravessadores a estabelecimentos comerciais por cerca de R$ 17,00.

Leia mais sobre: comércio ilegal

    Leia tudo sobre: comércio ilegaloperaçãopeixe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG