Polícia Federal apreende LSD transportado por sistema de encomendas expressas

SÃO PAULO - A Polícia Federal em São Paulo prendeu nesta quinta-feira, na cidade de Cotia, um homem acusado de traficar LSD. Com ele, foram encontrados 6 mil micropontos da droga.

Redação |

Segundo a polícia, agentes federais abordaram M.U., 33 anos, técnico em informática, quando saía de uma empresa de encomendas expressas na cidade de São Paulo/SP, após retirar uma caixa em seu nome, vinda da Holanda, contendo brinquedos e livros.

Investigações indicavam que M. seria distribuidor de drogas sintéticas, motivo pelo qual os policiais aguardaram até o momento em que ele fosse até o local buscar a encomenda.

Divulgação
Cartelas de LSD apreendidas

Em um dos livros encontrados no interior da caixa, havia doze cartelas de papel, cada qual contendo 500 micropontos de LSD, somando um total de 6 mil micropontos da droga. De acordo com a polícia, as cartelas estavam escondidas nas folhas do livro, que foram coladas para escondê-las.

Na residência de M. foi encontrado, ainda, 1 quilo de cocaína em cápsulas que seriam ingeridas para transporte no interior do organismo.

Ainda segundo a polícia, considerando que cada microponto de LSD geralmente é dividido em quatro partes quando oferecido aos usuários, estima-se que foram retiradas de circulação 24 mil doses da droga.

Se condenado, o preso poderá cumprir pena de reclusão de 5 a 15 anos.

Leia mais sobre: tráfico de drogas

    Leia tudo sobre: drogaslsdtráfico de drogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG