Polícia Federal abre investigação paralela para apurar morte de adolescente xavante

Brasília - A Polícia Federal (PF) instaurou nesta quarta-feira inquérito para apurar a morte da índia Jaiya Xavante, de 16 anos, na última quarta-feira, 25, no Hospital Universitário de Brasília (HUB) após sofrer perfuração do órgão genital. A investigação seguirá paralelamente à da Polícia Civil do Distrito Federal.

Agência Brasil |

De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu dentro da Casa de Apoio à Saúde Indígena (Casai), da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), uma autarquia federal. A Polícia Federal entrou no caso por determinação do ministro da Justiça, Tarso Genro.

Nossa investigação não deve atritar com a conduzida pela Polícia Civil, não são duas investigações sobre o mesmo assunto. O inquérito da PF não se foca na investigação do homicidio propriamente dito. A gente deve enveredar na questão das circunstâncias em que o fato pode ter ocorrido, de que forma podem ter contribuído para a ocorrência, apontou o delegado Carlos Henrique Maia, titular da Delegacia de Defesa Institucional da Polícia Federal.

A PF deverá colaborar com recursos humanos e materiais para investigação e colocou à disposição da Polícia Civil delegacias em outros estados para reduzir a burocracia e acelerar as diligências. De acordo com o delegado federal, a PF ainda não definiu o efetivo de agentes que vão atuar no caso. Isso envolve a participação de unidades descentralizadas, das superintendências regionais, acrescentou.

Maia não descartou a possibilidade de diligências de agentes da PF na Casai e até mesmo na aldeia de origem da indígena, em Campinápolis, Mato Grosso, onde estão a mãe e a tia da adolescente. No entanto, preferiu não adiantar detalhes dos próximos passos do inquérito federal.

A idéia não é repetir diligência. Queremos contribuir com a apuração das circunstâncias em que a morte ocorreu, sem prejudicar o trabalho já em andamento.

Segundo Maia, até o fim da semana, a Polícia Federal deverá apontar os primeiros resultados da apuração.

Leia mais sobre: Jaiya Xavante

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG