Polícia fecha posto de combustível clandestino no MS

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) fechou, após denúncia anônima, um posto de venda clandestina de combustível em São Gabriel do Oeste, no Mato Grosso do Sul. De acordo com a denúncia, um motorista de carreta estava retirando parte de combustível que transportava e vendendo a uma segunda pessoa, e que segundo o denunciante esta prática era freqüente.

Agência Estado |

José Francisco Calado, de 38 anos, motorista do caminhão, e Francisco Eduardo dos Santos, de 55 anos, autônomo, forma presos em flagrante.

Ficou constatado que Calado havia furtado cerca de 290 litros de álcool da carga que estava transportando e que Santos pagava a quantia de R$ 0,80 por cada litro do combustível. No depósito foram encontrados diversos galões onde era armazenado o produto. Santos declarou aos policiais que vendia o combustível de forma clandestina. Segundo a PRF, estabelecimentos recebem combustíveis desviados pelos motoristas de caminhões e revendem à população.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG