Saiba quais foram as obras roubadas no Brasil http://guiadoscuriosos.ig.com.br/?cat_id=49947 target=_blankVeja quais foram as obras roubadas no mundo" / Saiba quais foram as obras roubadas no Brasil http://guiadoscuriosos.ig.com.br/?cat_id=49947 target=_blankVeja quais foram as obras roubadas no mundo" /

Polícia faz retrato-falado de suspeito e divulga vídeos de assalto na Estação Pinacoteca

SÃO PAULO - Policiais do Departamento de Investigações Contra o Crime Organizado (Deic) divulgaram na tarde desta quinta-feira, 12, o retrato-falado de um dos suspeitos de assalto das obras de arte da Estação Pinacoteca, em São Paulo. http://guiadoscuriosos.ig.com.br/index.php?cat_id=54678 target=_blankSaiba quais foram as obras roubadas no Brasil http://guiadoscuriosos.ig.com.br/?cat_id=49947 target=_blankVeja quais foram as obras roubadas no mundo

Juliana Simon, do Último Segundo |

Divulgação
Polícia divulgou retratos-falados de dois suspeitos

A polícia divulgou ainda nesta tarde dois vídeos das câmeras do circuito interno do museu. Nas imagens é possível perceber que dois homens saem carregando pacotes que aparentam ser as obras roubadas. Os homens flagrados deixam a estação tranqüilamente sem serem barrados.

Assista ao vídeo abaixo:

Outro ângulo:

O roubo

Divulgação

"O pintor e seu modelo", de Pablo Picasso

Por volta da 12h desta quinta-feira, três homens, um deles armado, invadiram a estação e roubaram quatro quadros. A informação foi confirmada pela Polícia Militar, pelo Deic da Polícia Civil e pelas secretarias de Segurança (SSP) e de Cultura do Estado.

As obras pertencem à Fundação Jose e Paulina Nemirovsky e estavam expostas no segundo andar do edifício.

As obras furtadas são: "Casal" (1919), de Lasar Segall, guache sobre cartão; "O pintor e seu modelo" (1963), de Pablo Picasso, gravura a água-tinta, ponta-seca e buril sobre papel; "Minotauro, bebedor e mulheres" (1933), de Pablo Picasso, gravura a água-forte sobre papel; "Mulheres na janela" (1926), de Di Cavalcanti, pintura a óleo sobre cartão.

Os quatro trabalhos têm um valor aproximado de R$ 1 milhão. O edifício da Estação Pinacoteca, segundo secretario de Cultura do Estado, João Sayad, reabrirá na sexta-feira.

Sem máscaras

Segundo a polícia, os homens estavam sem máscara e entraram com uma sacola, pegaram as obras e, quando abordados por um segurança, mostraram que estavam armados. Depois disso, saíram. A polícia suspeita que pelo menos um criminoso tenha dado cobertura na saída do local.

A Pinacoteca

A Estação Pinacoteca é um local de exposições mantida pelo Governo do Estado de São Paulo. Fica localizada no centro da cidade, no bairro da Luz, ao lado da Sala São Paulo e da Estação Júlio Prestes.

O prédio foi inaugurado em 1914. Antes de se tornar esse espaço cultural, o prédio pertenceu à administração da Estrada de Ferro Sorocabana. Durante o período da ditadura militar, o local se tornou sede do Departamento de Ordem Política e Social (Dops), para onde eram mandados os presos políticos.

O prédio ocupado pela Pinacoteca do Estado foi projetado por Ramos de Azevedo em 1897, para abrigar o Liceu de Artes e Ofícios, instituição que formava técnicos e artesãos para construir as cidades que se enriqueciam com o café.

A Pinacoteca passou por uma grande reforma durante o governo Mário Covas, e, hoje, abriga importantes exposições, como as que realizou com as obras de Rodin e de Miró.

O museu tem um perfil muito definido da arte brasileira do século XIX até a contemporânea. Seu acervo tem cerca de 4 mil peças.

Leia mais sobre: Pinacoteca

    Leia tudo sobre: quadro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG