Policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) conseguiram deter o padeiro Geraldo Mário, que mantinha a família refém desde as 17 horas de ontem em Poá, município da Grande São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), durante as negociações, os policiais conseguiram segurar a mão do padeiro, que estava armado com uma faca, e libertaram a mulher, Maria Gilvanice dos Santos Cruz, e a filha, Ana Beatriz, de 2 anos, que estavam no interior da residência da família.

Não houve feridos, de acordo com a SSP do Estado. Ainda não há informação sobre o motivo do cárcere privado. Geraldo, de 45 anos, já foi levado para a delegacia da região.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.