Polícia do MT prende professor acusado de assédio

Um professor da rede privada de ensino foi preso em flagrante no início da noite de ontem, acusado de abuso sexual, segundo a Polícia Civil. O homem de 37 anos é professor de matemática e coordenador escolar e foi detido no motel Eros, na saída de Cuiabá para Chapada dos Guimarães, com duas adolescentes de 16 e 17 anos.

Agência Estado |

Segundo a polícia, o pai de uma das adolescentes procurou a delegacia porque estava desconfiado do comportamento da filha, que teve uma prova facilitada pelo professor e que nem teria sido feita por ela, pois a letra seria diferente.

Ontem ele foi levar a estudante ao colégio e ficou esperando do lado de fora, quando viu a filha mais uma colega entrar em um veículo dirigido pelo professor.

De acordo com a delegada Mara Rúbia de Carvalho, da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescentes (Deddica), "as meninas só foram porque o professor estaria pressionando e ele iria prejudicá-las".

A delegada classificou a atitude do professor como chantagem e constrangimento. O delegado plantonista, Christian Cabral, do Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC) Planalto, autuou o acusado por assédio sexual. A pena é de 1 a 2 anos de detenção.

O acusado pagou fiança de R$ 1.200,00 e vai responder em liberdade. As investigações prosseguirão pela Deddica e lá o professor poderá ser enquadrado em outros crimes.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG