Polícia divulga retrato-falado de suspeitos de roubo a transportadora em SP

SÃO PAULO - O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de São Paulo divulgou na noite desta quarta-feira os retratos-falados de dois suspeitos de envolvimento no furto de R$ 27.776.572,92 da transportadora de valores Transnacional, no Jaguara, zona oeste de São Paulo, no último dia 6 de dezembro.

iG São Paulo |

O homem de barba foi identificado pelo apelido de Turco ou Turcão. Outro suspeito se chama Carlos, segundo a polícia.


Retratos-falados de "Turcão" e Carlos, procurados pela polícia

Divulgação
as
Moura, o 3º procurado
O terceiro procurado por participar do grupo foi identificado como Marcelo Adelino de Moura. Sete pessoas já foram presas por participação no roubo.

Na noite de sábado, a suspeita Ágata Suzana Brasil de Almeida foi presa  em Jandira, na Grande São Paulo. Ela trabalhou durante quatro meses como empregada doméstica na casa de número 190 da Rua José Mascaro, de onde partiu o túnel de 150 metros em direção à Transnacional. A garota disse à Polícia Civil que ganhava R$ 400 por semana e tinha conhecimento do plano da quadrilha. Afirmou ainda ter conhecido duas pessoas na residência. Segundo Ágata, outra função dela era despistar a vizinhança e dar a impressão de que uma família normal vivia na casa.

Policiais do Deic chegaram ao endereço de Ágata graças a denúncias. O Deic apurou que ela é mulher de um preso recolhido na Penitenciária de Getulina, no interior paulista, e tem um filho de 3 anos.

O roubo

De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos alugaram uma casa na Rua José Mascaro e cavaram um túnel até a empresa, na Praça Barão de Ibirocaí.

Por volta das 17 horas do dia 6, um segurança da Transnacional ouviu um barulho. Como o horário coincidia com diversas partidas da rodada final do Campeonato Brasileiro de Futebol, o segurança acreditou que o barulho era de fogos de artifício. Os assaltantes conseguiram chegar até o cofre da empresa sem que o segurança percebesse.

Na fuga, eles abandonaram diversos sacos de moedas espalhados pelo túnel. Na casa da Rua José Mascaro, os policiais encontraram sacos com terra. À medida que cavavam o túnel, os suspeitos estocavam a terra em um cômodo.

A PM foi avisada do furto por volta das 21h40, por meio de uma denúncia anônima. Quando os policiais da 3ª Companhia do 49º batalhão chegaram ao local os assaltantes já haviam fugido.

O registro do caso será encaminhado ao Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic).

(Com Agência Estado)

Veja imagens do túnel construído pelos assaltantes: 

Leia mais sobre: roubo

    Leia tudo sobre: roubo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG