Polícia divulga imagens de homem suspeito de matar ex-mulher e fugir com filho

SÃO PAULO - A Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo divulgou imagens do ex-jogador Janken Ferraz Evangelista, de 29 anos, no prédio em que sua ex-mulher, Ana Claudia Melo da Silva, de 18, foi encontrada morta. Ele é suspeito de ter a esfaqueado e fugido com o filho do casal, de um ano e nove meses, na noite de domingo.

Redação |

Reprodução
Reprodução
Homem chega ao prédio com ex e filho
As fotos são do circuito de segurança do elevador do prédio e mostram o casal chegando ao apartamento com o filho e, depois, Janken saindo com o menino e sem a mulher. Pode-se ver que ele trocou de camiseta entre a chegada e a saída. Ainda nos esforços de encontrar o ex-jogador, a polícia colocou as fotos dele com o menino nas rodoviárias de São Paulo. A ideia é impedir que ele saia da cidade.

Prisão preventiva

De acordo com o delegado Marcos Carneiro, da Divisão de Homicídios, o objetivo principal da polícia é localizar a criança desaparecida e garantir que ela volte em segurança para a sua família. Para isso, policiais tentam entrar em contato com o advogado que atuou na separação de Janken e Ana Cláudia e que pode ser um canal de comunicação entre as autoridades e os suspeito.

Carneiro ainda disse que, se até esta quarta-feira não surgirem novidades no caso, a prisão preventiva do ex-jogador vai ser pedida por ele, e, se aprovada pelo Ministério Público, será decretada pelo juiz.

Ana Cláudia saiu da Bahia com o filho para morar em São Paulo há cerca de seis meses por causa de agressões do ex-marido, segundo familiares. No entanto, o ex-jogador conseguiu na Justiça o direito da visita assistida ao menino.

Assista a reportagem em vídeo:

Leia mais sobre: morte

    Leia tudo sobre: mortamortemortesseqüestradorseqüestrosão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG