Publicidade
Publicidade - Super banner
Brasil
enhanced by Google
 

Polícia divulga foto de suspeito de matar Glauco Villas Boas e o filho

A polícia de Osasco divulgou, na tarde desta sexta-feira, a foto do estudante universitário Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, de 24 anos. Ele é suspeito de ter matato a tiros o cartunista Glauco Villas Boas e o filho dele, Raoni Ornellas Pires Villas Boas, de 25 anos.

iG São Paulo |

 

AE
Estudante estava afastado de cultos
De acordo com a polícia, Carlos Nunes frequentava a Igreja Céu de Maria, fundada por Glauco e inspirada nos cultos do Santo Daime, mas estava afastado dos cultos há cerca de seis meses.

No fim da noite de quinta-feira, o estudante teria ido ao encontro de Glauco e Raoni, com uma pistola 765. Houve uma discussão e o rapaz disse que iria se matar. Pai e filho tentavam fazê-lo desistir da ideia quando foram mortos com quatro tiros cada um. 

Eles foram socorridos por moradores e levados ao Pronto-Socorro Albert Sabin, mas não resistiram aos ferimentos. Os corpos chegaram ao Instituto Médico Legal (IML) de Osasco por volta das 6h45 e foram liberados ainda no período da manhã.

O público não terá acesso ao velório dos dois e só poderá acompanhar o enterro, previsto para o sábado, no Cemitério Gethsemani Anhanguera, na Vila Sulina, em São Paulo.  

Conforme a polícia, depois de assassinar Glauco e Raoni, o rapaz fugiu em um carro. Outras duas pessoas estariam com ele e também são procuradas.

Leia mais sobre: Glauco Villas Boas


 

Leia tudo sobre: glauco villas boas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG