Polícia descobre túnel de 20 metros em presídio do Recife

RECIFE - A polícia descobriu, na noite de segunda-feira, um túnel com cerca de 20 metros no Centro de Observação e Triagem (Cotel) localizado no município de Abreu e Lima, na Grande Recife.

Redação |

De acordo com o superintendente da Secretaria de Ressocialização de Pernambuco (Seres) Isaac Wanderley Viana, as escavações partiram do pavilhão B, que abriga cerca de 450 presos, e estavam próximas da muralha do presídio. "A estimativa é de o túnel estava sendo construído há 4 dias, pois na quinta-feira fizemos uma revista e nada foi identificado", afirmou.

Conforme o superintendente, de 30 a 40 presos pretendiam fugir pelo local. "Pela extensão e pouco tempo de construção, sabemos que foi um grupo grande que participou dos trabalhos", disse.

Para impedir a possível saída dos presos, agentes penitenciários e do grupo de inteligência e segurança da Seres passaram a madrugada reforçando a segurança do pavilhão.

Viana explicou que a unidade foi construída para abrigar adolescentes, mas acabou destinada ao sistema prisional. No subsolo seria montado o refeitório, mas o local não era utilizado e estava lacrado. "Eles arrombaram a porta, entraram no subsolo que estava alagado e começaram a escavação", contou. 

Segundo informações da Seres, nesta tarde uma empresa deverá concretar todo o túnel. A secretaria informou também que deverá abrir processo administrativo para apurar quem foram os responsáveis pela construção e se algum agente foi conivente.

O Cotel possui dois pavilhões e uma área de triagem. A capacidade da unidade é para 331 presos, mas, segundo Viana, no momento, abriga 1093 detentos.

Leia mais sobre: Cotel - fuga

    Leia tudo sobre: fugaprisãorecife

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG