A polícia descobriu um arsenal em uma casa na região do Morumbi, zona sul de São Paulo, ao investigar o assassinato do bancário M.M.

B. No local, foram encontradas 23 armas, várias de uso restrito das Forças Armadas, inclusive uma artilharia antiaérea. A vítima era colecionadora de armas.

O bancário de 46 anos foi morto por sua esposa, M.S.F, de 25 anos, com um tiro de pistola na cabeça. A suspeita, que não fugiu e esperou pela chegada da polícia para se entregar, matou o marido após descobrir que ele manteve durante quatro anos um relacionamento com a irmã dela, que hoje tem 14 anos e mora no litoral paulista.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.